jan 28

A psoríase é uma doença inflamatória da pele, crônica e não contagiosa. Sua causa é desconhecida, mas sabe-se que pode ter relação com deficiências no sistema imunológico, com o meio ambiente ou com fatores genéticos. Geralmente há uma aceleração descontrolada do processo de renovação celular, ou seja, células novas são formadas sem a perda das mais antigas, gerando uma sobreposição de pele em determinada região.

Blog-Karla-Assed_Imagem-psoriase-02

Há várias formas de psoríase. Os sintomas variam conforme o tipo, mas podem incluir:

• Lesões avermelhadas, descamativas e em forma de placas;
• Pele ressecada e rachada, às vezes com sangramento;
• Coceira, queimação e dor;
• Unhas grossas e sulcadas;
• Inchaço e rigidez nas articulações.

Alguns fatores podem aumentar as chances de uma pessoa adquirir a doença ou piorar o quadro clínico já existente: histórico familiar, infecções bacterianas ou virais, uso de determinados medicamentos, estresse, obesidade, falta ou excesso de luz solar, consumo de bebidas alcoólicas e tabagismo, dentre outros.

Blog-Karla-Assed_Imagem-psoriase

Como existem vários tipos de psoríase (ungueal, pustulosa, gutata, palmo-plantar e artrite psoriásica), só o dermatologista pode identificar a doença, classificá-la e indicar a melhor opção terapêutica, que pode ser o uso de pomadas, loções tópicas, medicamentos orais ou até mesmo antibióticos.

Apesar de não haver cura definitiva, o tratamento pode amenizar os sintomas e proporcionar ao paciente mais conforto e qualidade de vida. Em caso de qualquer sintoma, consulte imediatamente seu dermatologista para diagnóstico e tratamento adequado!

Postado por

CompartilharFacebookTwitterGoogle+WhatsappEmail

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *