Na estação mais quente do ano, os cuidados que devemos ter ao tomar sol já estão quase decorados. Usar filtro solar é primeira regra insubstituível. Ficar atento aos horários de maior emissão dos raios ultravioleta (das 10h às 16h) também é lei. Em excesso, a exposição solar pode causar manchas, rugas, ressecamento e até mesmo problemas dermatológicos mais sérios, como câncer de pele. Contudo, o astro rei não é apenas vilão.

img_blog_beneficiossol01

Sem jamais dispensar o protetor e escolhendo os horários adequados, um solzinho traz muitos benefícios para a saúde. Estudos comprovam que a luz solar alternada com o escuro da noite ajuda a melhorar sintomas do mal de Alzheimer. O sol pode ajudar ainda no tratamento contra a depressão: assim como as plantas, o corpo humano metaboliza a luz do sol, transformando-a em vitamina D – fundamental para a saúde de diversas formas, inclusive como antidepressivo natural estimulando a produção de serotonina.

 

img_blog_beneficiossol02

 

A vitamina D incentiva ainda a absorção do cálcio pelos ossos, fundamental para os idosos. A exposição solar pode ainda melhorar a qualidade do sono estimulando melatonina, hormônio essencial para noites bem dormidas. Nem demais nem de menos, é possível aproveitar o verão, fazer passeios e curtir os dias ensolarados. Não deixe de consultar seu dermatologista regularmente.

Postado por

CompartilharFacebookTwitterGoogle+WhatsappEmail

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *